Gênero e sexualidade

MACHISMO

Jovem acusa PM de abuso sexual em ato contra aumento da passagem em SP

Uma das manifestantes relatou ter sido agredida e abusada sexualmente pelo policial que a deteve, enquanto a manifestação contra o aumento da passagem, ocorrida nesta quinta 16/01, era fortemente reprimida pelo batalhão da PM.

sexta-feira 17 de janeiro| Edição do dia

Segundo informações do MPL à Revista Fórum, a jovem relata que enquanto era detida com um mata-leão pelo policial, este a posicionou intencionalmente de forma a cometer o abuso sexual.

Enquanto isso, a manifestação contra o aumento da passagem que ocorria no centro de São Paulo era fortemente reprimida na base das bombas e com policiais arrastando manifestantes mulheres pelos cabelos. As imagens gravadas por jornalistas da Ponte mostram a violência das detenções e o cinismo da polícia:

Ainda que diga se desvincular da figura nefasta de Bolsonaro, João Dória segue tentando surfar no bolsonarismo buscando se alçar à candidatura da presidência com sua política repressiva que tem promovido e endossado a escalada violenta da atuação racista e misógina da PM, como vimos no massacre de Paraisópolis, ou também na soltura dos PMs acusados de estupro a uma jovem na baixada santista.

Nós do Esquerda Diário rechaçamos o que ocorreu durante o ato e nos colocamos completamente contra toda repressão da Polícia Militar que impede que os jovens e trabalhadores expressem sua indignação.




Tópicos relacionados

Assédio   /    Corrupção Policial   /    Violência policial   /    Violência contra a Mulher   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar