Cultura

POESIA FALADA

Mel Duarte representa o Brasil no campeonato de poesia falada ‘Rio Poetry Slam’

Poeta de 27 anos lançou neste ano o segundo livro ‘Negra Nua Crua’ e versa sobre etnia, erotismo e problemas sociais.

quarta-feira 9 de novembro| Edição do dia

O Rio Poetry Slam, o primeiro campeonato de poesia falada internacional do Brasil, ocorre neste ano de 8 a 13 de novembro na Cidade de Deus – que completa 50 anos – durante a Festa Literária Internacional das Periferias (Flupp) no Rio de Janeiro (RJ) e tem como representante do país a poeta paulistana Mel Duarte, de 27 anos.

Esta é a primeira vez que Mel Duarte participa da competição, que está na terceira edição no país e neste ano reunirá poetas de 16 nacionalidades diferentes, entre eles europeus, africanos e moradores da América do Sul, Central e do Norte. Os poetas participantes têm as poesias de até três minutos julgadas pela plateia.

“Eu estou super ansiosa com essa participação. Ela marca um momento importante da minha vida, do reconhecimento do meu trabalho. Sou também uma mulher, preta, representando o país. E é também muito importante por causa da troca, que eu tenho certeza que será incrível. Quero muito poder conviver, conversar e entender como funciona o movimento dos slams em outros países. Estou realmente feliz em poder conhecer o trabalho destas outras pessoas que também usam a poesia como ferramenta de transformação social”, destaca.
Vale lembrar que além da participação no slam, Mel Duarte estará presente todos os dias na Flupp, onde circulará com o livro “Negra Nua Crua”, lançado neste ano, com poemas sobre etnia, erotismo e problemas sociais.

Serviço – Mais informações sobre o evento podem ser acessadas pelo site: flupp.net.br/ que terá transmissão ao vivo dos duelos entre os poetas.




Tópicos relacionados

Questão Negra   /    Arte   /    Poesia   /    Música   /    Cultura

Comentários

Comentar