Mundo Operário

OSASCO

Mecano-Fabril:É preciso organizar a ocupação da fábrica para garantir salários e direitos

São quase 5 meses sem salários, com anos de FGTS atrasado, uma situação insustentável; além disso o patrão promete e não cumpre, não respeita as decisões da justiça, deixa mães e pais de família sem poder sustentar suas casas.

terça-feira 22 de novembro| Edição do dia

A luta na justiça pode demorar anos, com recursos, novos julgamentos, e toda a lentidão da justiça brasileira quando o caso é defender os direitos dos trabalhadores. Devemos lutar na justiça, mas o mais importante é confiarmos na força de nossa luta, pois bem sabemos que a justiça defende os interesses dos ricos e dos patrões.

Numa situação insustentável como a que atravessa a Mecano Fabril medidas radicais são essenciais; depois de meses de salários atrasados não podemos mais esperar. É preciso organizarmos a possibilidade de ocupar a fábrica para garantir nossos salários e empregos, colocando ela pra funcionar sob controle dos trabalhadores.

Para garantir a ocupação, contudo, é necessário prepará-la, organizar bem. O sindicato deve organizar uma rede de solidariedade junto as outras fábricas do centro de Osasco, chamando os trabalhadores da Meritor, Intermarine, Belco, Etna Steaal, a apoiarem a luta da Mecano, a apoiarem a ocupação, mostarndo que a luta da Mecano é uma luta de todos os metalúrgicos de Osasco. Deve buscar também solidariedade dos trabalhadores comerciários do centro de Osasco, que certamente apoiariam os trabalhadores da Mecano em luta contra o atraso de salários e direitos.

Nós do Esquerda Diário e da juventude Faísca nos colocamos em total solidariedade aos trabalhadores da Mecano, apoiando todas as medidas de luta que os companheiros decidam levar a frente.

É necessário radicalizar companheiros!!! Éssa é a única forma de garantir o pagamento dos direitos e salários atrasados.




Tópicos relacionados

Mundo Operário

Comentários

Comentar