Cultura

FUNK

Mc Xuxu, mulher trans e negra quer lançar seu primeiro disco "Senzala"

A funkeiros negra nascida em 1988 na periferia de Juiz de Fora busca apoio financeiro dos fãs para lançar seu disco intitulado "Senzala".

Gabriela Farrabrás

São Paulo | @gabriela_eagle

sexta-feira 12 de maio| Edição do dia

Mc Xuxu é Karol Vieira. Aos 17 anos se assumiu como mulher trans e foi expulsa da casa dos pais. Se prostituiu como 90% das travestis e transexuais fazem para sobreviver no Brasil. Viveu toda a situação de miséria a que são submetidas as pessoas que vivem nessa condição. Viu suas amigas serem violentadas e mortas e foi mais uma vítima em 2013 quando sofre uma tentativa de assassinato.

Karol sobreviveu e ainda sobrevive no país que mais mata travestis e transexuais.

Desde os 17 anos quando foi apresentada por uma professora ao rap nunca mais abandonou as rimas. Em 1990 se juntou a cena de funk que começava a despontar e de tornou Mc Xuxu.

Desde então Mc Xuxu faz parte de uma geração de mulheres do funk que escrevem sobre emancipação, sexualidade e suas vidas cotidianas de maneira dura e também bem humorada. Mulheres periféricas, em sua maioria negra, que se colocam como transformadoras de suas realidades.

Contrariando as estatísticas Mc Xuxu chega aos seus 28 anos resistindo como mulher trans negra periférica e é uma das principais revelações da cena com seus hits e videoclipes "Beijo", "Desabafo" e "Quero ficar".

Para a Mc sua vida sempre foi um ato de resistência, assim como é sua arte. Agora através de uma vaquinha coletiva ela busca lançar seu primeiro disco intitulado "Senzala"; nome do lugar onde nossos antepassados negros e escravidão mesmo contra as punições e mandos dos senhores de engenho preservavam sua cultura cantando e hoje Mc Xuxu, mulher trans negra, persiste cantado contra esse sistema que a quer calada e morta, como tentaram fazer com Veronica Bolina.

Para colaborar com a vaquinha basta entrar no site e escolher o valor. Cada valor, além de ajudar que o disco exista, da direito a uma recompensa: www.kickante.com.br/mcxuxu




Tópicos relacionados

cultura   /    Música   /    Cultura

Comentários

Comentar