Negr@s

Marieta Severo: “Dói saber que meu neto leva tapa na cara de segurança por ser negro”

domingo 26 de novembro| Edição do dia

Marieta relatou que estranhou muitos olhares e julgamentos estranhos quando sua filha se casou com Carlinhos Brown, músico e produtor musical negro, e que considera doloroso que hoje seu neto sofra agressões e situações constrangedoras pelo fato de ser negro.

A atriz considera importante que temas como nanismo, racismo e violência contra a mulher sejam debatidos e se diz feliz por ver como o movimento feminista está se rearticulando, em especial pelos tempos temerosos que passamos.

Não temos nenhuma ilusão na Globo, esta mídia golpista que em meio à efervescência do debate sobre a questão da mulher, das negras e negros e LGBTs, é obrigada a retratar a realidade destes setores parcialmente para se manter relevante, quando no entanto serve à burguesia que se apropria cada vez mais das opressões para explorar mais os trabalhadores e setores oprimidos, ao passo que defende a Reforma Trabalhista e da Previdência, que atacará justamente com mais força estes.

A realidade da juventude negra no país é o crescente afirmar de sua identidade e armar dos blacks, à qual o Estado responde com repressão e genocídio. Mas a questão de fundo a lembrar é que não existe capitalismo sem racismo, e nosso combate estratégico contra a opressão à população negra deve estar indissociável da luta por destruir a sociedade burguesa, algo que só pode ser feito com os trabalhadores organizados numa política independente que represente como "tribunos do povo" os interesses dos setores oprimidos. Por isso afirmamos que as vidas negras importam, coisa de preto é ser livre e exigimos liberdade para Rafael Braga e toda a juventude negra.




Tópicos relacionados

Racismo   /    Negr@s

Comentários

Comentar