Política

PORTO ALEGRE

Marchezan vai contratar duas consultorias para analisar como vender a Carris

Contrariando novamente seu discurso de campanha que negava interesse em vender a centenária Companhia Carris de transporte público de Porto Alegre, o prefeito Marchezan vai abrir licitação para o contrato de duas consultorias que vão auxiliar na avaliação da empresa e nas formas de entregá-la à iniciativa privada.

segunda-feira 13 de novembro| Edição do dia

As informações são do Correio do Povo. Uma das consultorias servirá para avaliar o valor de mercado da empresa (estudo interno já está sendo feito por técnicos da própria prefeitura). A outra vai averiguar qual a “melhor” maneira de entregá-la à iniciativa privada, tendo três possibilidades em aberto: privatização, licitação das linhas e dos veículos ou a extinção da companhia combinada à licitação das linhas e venda do patrimônio estatal.

A privatização da Carris vem na esteira de diversos outros ataques aos serviços públicos como um todo por parte da prefeitura tucana. No âmbito do transporte o prefeito quer acabar com os cobradores e as empresas privadas já estão avançando nas demissões há um tempo.

Os servidores estão com os salários sendo parcelados. O meio-passe estudantil está sendo ameaçado. Marchezan é a cara municipal dos ataques que Sartori está fazendo a toda a população gaúcha, descarregando a crise nas costas dos trabalhadores e dos mais pobres. E a venda da Carris vem nesse sentido, bem como favorecer os grandes empresários do transporte da capital em detrimento dos rodoviários e usuários.




Tópicos relacionados

carris   /    Greve Municipários Poa   /    Marchezan   /    rodoviários poa   /    Porto Alegre   /    Política

Comentários

Comentar