PREFEITO ATACA NOVAMENTE

Marchezan extingue segunda passagem gratuita

quinta-feira 27 de julho| Edição do dia

O prefeito de Porto Alegre, Marchezan (PSDB), extinguiu por decreto a segunda passagem gratuita na capital, exceto para estudantes. De agora em diante, usuários do cartão TRI/SIM serão obrigados a pagar 50% do preço da tarifa no caso de uma segunda passagem. Estudantes continuaram a não pagar a segunda passagem.

Trata-se de mais um ataque ao conjunto da população portoalegrense. O decreto, aprovado na noite desta quinta-feira (27), foi feito na mesma semana em que o tucano mandou à Câmara dos Vereadores seis projetos de lei que visam precarizar ainda mais o transporte público da capital gaúcha.

O decreto passará a valer em 30 dias e todos que antes não pagavam pela segunda passagem, passarão a pagar R$ 2,05 (50% dos atuais R$ 4,05). Os estudantes não serão afetados pelo decreto.

O ataque ocorre, também, em meio a inúmeras ameaças do prefeito em vender a Carris, à perseguições e censuras aos rodoviários, bem como uma série de demissões, justa causas e suspensõesque as empresas fazem aos trabalhadores do transporte público.




Tópicos relacionados

Marchezan   /    transporte público poa   /    rodoviários poa   /    Transporte

Comentários

Comentar