Internacional

MULHERES CONTRA TRUMP

Marcha de Mulheres convoca ato contra política de Trump que separa pais e filhos imigrantes

O movimento Marcha de Mulheres convocou ato contra a política racista e xenófoba de Trump que separa pais e filhos imigrantes ilegais.

quarta-feira 20 de junho| Edição do dia

O movimento Marcha das Mulheres convocou um ato para o dia 28 de junho, como forma de protesto contra a política racista de Trump, que separa crianças de seus pais imigrantes ilegais na fronteira dos EUA com o México.

Em nota divulgada pelo movimento, as mulheres afirmam que irão se colocar na linha de frente para exigir o fim desta política que criminaliza imigrantes sem documento e que separa famílias. "Este é um momento decisivo que irá moldar nossa geração. Precisamos ser ousadas, estratégicas. Não podemos ficar em silêncio", afirma o movimento que repudia por completo o enjaulamento de crianças e criminaliza seus pais.

Leia também: Rechaço mundial obriga Trump a acenar que reunirá pais e filhos, mas nas mesmas jaulas

A situação escandalosa gerou comoção mundial e rechaço desta política de cunho racista tomada por Trump. Diversos setores se manifestaram, incluindo as mulheres americanas, forçando que Trump acenasse um possível recuo contra essa política anti-imigratória.




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Racismo EUA   /    Imigração   /    Estados Unidos   /    Internacional

Comentários

Comentar