CRISE NO RIO

Marcelo Freixo declara apoio à resistência da UERJ contra o fechamento

O ex-candidato à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PSOL e deputado estadual Marcelo Freixo manifestou por meio de seu perfil no Facebook seu apoio à luta da UERJ contra o fechamento, que, de acordo com a Reitoria da Universidade, pode ocorrer por falta de verbas. Leia a declaração.

sexta-feira 13 de janeiro| Edição do dia

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro, uma das maiores e mais conceituadas do país, corre sério risco de não reabrir as portas nesse ano. É isso que diz a carta aberta do Conselho Universitário, divulgada esta semana, endereçada ao governador Luiz Fernando Pezão. Segundo a universidade, faltam condições básicas de manutenção das atividades e os salários de novembro, dezembro e o décimo terceiro dos funcionários não foram pagos.

A situação em que se encontra a Uerj é inadmissível, e fruto do sucateamento promovido por muitos anos do governo do PMDB. Todo ano, aqui na Alerj, nós do PSOL batalhamos pela garantia de 6% do orçamento para as universidades estaduais. Infelizmente, os deputados aliados do governo sempre votam contra.

Agora a Uerj, uma instituição de excelência, com vários dos melhores quadros de professores e alunos do país, capaz de formar profissionais de alto nível nas mais variadas áreas, pode fechar.

Não podemos permitir! O governo do Estado tem que garantir as condições para o funcionamento da universidade.

#SouUerj




Tópicos relacionados

Crise no Rio de Janeiro   /    UERJ   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar