Mundo Operário

PROFESSORES SP

Marcella Campos assume cargo como Diretora da APEOESP pela Oposição Professores pela Base

quarta-feira 28 de junho| Edição do dia

No último dia 27/6, Marcella Campos, professora da Zona Norte de São Paulo, assumiu o cargo na Diretoria Estadual Colegiada (DEC), do Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo, a APEOESP. Marcella esteve à frente da Chapa 3, Oposição Unificada, nas eleições sindicais que aconteceram no final de maio, defendendo as ideias do Movimento Nossa Classe/Professores pela Base, junto à diversos professores de base da região.

Ao contrário do que acontece com a direção burocrática da APEOESP, onde os diretores ficam anos afastados da escola, como a própria Bebel, que está em seu 5º mandato e ficará na presidência até 2020, o Movimento Nossa Classe/Professores pela Base, tem como princípio o rodízio dos cargos de direção. Sendo assim, Marcella fará rodízio de cargo atuando para mostrar que as conquistas e os benefícios que o sindicato pode oferecer a seus dirigentes devem estar à serviço da organização dos professores e não em criar burocratas profissionais que se afastam por anos da base e atuam para manter seus privilégios.

Veja vídeo de posse

As eleições da APEOESP, como de costume, foram marcados por inúmeros casos de fraude como observamos aqui e aqui, roubaram urnas, impediram que a Oposição estivesse em apurações no Centro de São Paulo, fraudaram urnas.

Com todas as manobras torna-se quase impossível pelas vias eleitorais a oposição tomar o lugar da burocracia, por isso precisamos lutar por uma organização dos professores a partir de cada escola, atuando em cada luta, construindo forças para tomar o sindicato em nossas mãos e colocá-lo à serviço dos interesses dos professores.

Marcella Campos, é parte do Comitê contra as Reformas da Zona Norte, a escola em que trabalha foi protagonista em todas as paralisações que aconteceram esse ano. Alunos e professores do João Baptista se dirigiram a outras escolas da região e organizaram aulas públicas e protestos contra os ataques do governo e em defesa da educação.

Com esses exemplos construiremos um sindicato combativo e que sirva para organizar a nossa luta.




Tópicos relacionados

Eleições Apeoesp 2017   /    Apeoesp   /    Professores São Paulo   /    Professores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar