Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Manifestantes protestam contra reforma em seminário sobre Previdência no Rio

Reunidos por volta das 9h30 desta segunda-feira, 11, em frente à Fundação Getulio Vargas (FGV), em Botafogo, zona sul do Rio, manifestantes realizaram um protesto contra a reforma da Previdência.

segunda-feira 11 de dezembro de 2017| Edição do dia

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um dos auditórios do prédio recebe nesta manhã o seminário "Previdência: o desafio imposto pela longevidade", organizado pela EPGE, Escola de Negócios e Finanças da FGV, e pelo Banco Mundial.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participaria do seminário, mas ele ficou em Brasília para reuniões com o presidente Michel Temer. O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, dará palestra no seminário, que começou pouco depois das 9h15.

Alguns manifestantes estavam com bandeiras do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Sintufrj), que estava com um carro de som que transmitia os discursos. Os discursos lançavam críticas à reforma da Previdência e a Meirelles, bem como ao próprio seminário.

No evento, economistas do Banco Mundial apresentarão as conclusões de estudo sobre os gastos públicos no Brasil, divulgado há algumas semanas em Brasília.

Não é possível aceitar mais que as centrais sindicais não tenham marcado a data de uma nova greve geral. CUT, CTB, Força Sindical, UGT, dentre outras, dão tempo para Temer conseguir (comprar) seus 308 votos para aprovar este ataque histórico. É urgente um plano de lutas organizado a partir de assembleias e comitês de mobilização em cada local de trabalho, para que seja possível derrotar tanto a Reforma da Previdência quanto revogar a Reforma Trabalhista.

Com informações da Agência Estado




Tópicos relacionados

Reforma da Previdência   /    Política

Comentários

Comentar