Gênero e sexualidade

LEGALIZAÇÃO DO ABORTO

Manifestações em diversos locais do país exigem a legalização do aborto

Manifestações são organizadas nessa sexta-feira em diversos locais do país pela legalização do aborto, seguindo o exemplo das argentinas que arrancaram a conquista em votação na Câmara.

sexta-feira 22 de junho| Edição do dia

Nesta sexta-feira foram realizados atos pela legalização do aborto nas grandes cidades do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, entre outras. Composto em todo país por milhares de mulheres, organizações e entidades que se espelham no exemplo da Argentina, que na semana passada, no dia 14 de junho, conseguiram impor na Câmara dos deputados, através de muita pressão nas ruas, uma votação favorável pela legalização do aborto, que agora segue para o Senado argentino.

Ato no Rio de Janeiro:


Mulheres do coletivo Pão e Rosas falam sobre a importância do ato pelo direito ao aborto:

As mulheres brasileiras agora se espelham nessa luta histórica das argentinas, que há anos levantam esta bandeira no país.

No Brasil, no ano passado, foi pautada a PEC 181 pela bancada evangélica, proibindo o aborto até em casos de estupro. Com a ilegalidade, muitas mulheres pobres acabam realizando procedimentos em suas próprias casas, pois não possuem dinheiro para procurar clínicas especializadas, ou mesmo acabam procurando clínicas clandestinas, precárias e insalubres, arriscando seus úteros e até mesmo perdendo suas próprias vidas.

Ato em São Paulo:

Ato em Porto Alegre:

É urgente a luta pela legalização e é nesse exemplo de todas as trabalhadoras e trabalhadores da Argentina que nos espelhamos, e iremos erguer uma luta que vai enterrar os retrocessos como a PEC 181 e impor a legalização do aborto, para que as mulheres tenham educação sexual para decidir, contraceptivos para não engravidar e aborto legal, seguro e gratuito para não morrer.




Tópicos relacionados

Aborto   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar