Sociedade

SÃO PAULO

Manifestação por moradia pára ruas do centro de São Paulo nessa sexta-feira

sexta-feira 1º de dezembro| Edição do dia

Um grupo de 100 pessoas, formados por brasileiros e por diversos imigrantes de países do continente africano, fecharam o fluxo de trânsito da av. Cásper Líbero protestando por moradia.

A tarde foi agitada na Av. Cásper Líbero, centro de São Paulo, onde moradores da ocupação em um prédio próximo à Estação da Luz resolveram ocupar as ruas depois das ameaças do poder público em desocupar um prédio ocupado pela população sem moradia. A ocupação surgiu em outubro e tem em sua maioria trabalhadores de diversos países do continente africano. Com a crise que tem atingido o Brasil os imigrantes vêm-se as oportunidades de emprego diminuírem e pagar um aluguel se torna uma tarefa difícil.

O Esquerda Diário conversou com um dos manifestantes que acabava de chegar do trabalho e cansado disse:

“Sou angolano e estou no país a dois anos, acabo de vir de um bico mas a madame não me pagou o dia de hoje e tive que vir a pé, é difícil porque estou todo sujo e suado e o preconceito aqui no Brasil é muito forte, cheguei agora e estou na manifestação a gente tem medo mas não pode dormir na rua.”

Hoje no Brasil existem aproximadamente 40 mil imigrantes do continente africano que saíram de suas casas em busca de uma vida melhor e agora encontram um país atingido por um forte crise econômica e reformas trabalhista que impõe a precarização do trabalho.Trabalhando em situações precárias ou desempregados os imigrantes não conseguem arcar com o aluguel, em uma pais onde os defict habitacional é de 6 milhões e existem 7 milhões de de casas vazias a serviço da especulação imobiliária ocupar é a única opção para não ficar ao relento.




Tópicos relacionados

Imigrantes   /    Moradia   /    Sociedade

Comentários

Comentar