Educação

CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Manifestação de professores estaduais e municipais se unifica em SP contra reforma da previdência

segunda-feira 19 de fevereiro| Edição do dia

Foto: Júlio Zerbatto/Futura Press/Estadão Conteúdo

A manifestação de professores do estado de SP acaba de se unificar com a dos professores municipais, o ato segue na Avenida Paulista contra a odiada reforma da previdência de Temer.

Veja ao vivo pela página do Esquerda Diário:

Os professores municipais de São Paulo estão na mira de um duro ataque de Dória, que quer elevar a contribuição previdenciária dos professores de 11% para 19%, um confisco salarial sem precedentes, para pagar seus projetos privatizantes na prefeitura de SP. Além disse, uma série de regras através do SampaPrev visa impedir que os servidores se aposentem, por isso essa categoria entrará em greve no 08/03

Já os professores estaduais se organizaram em todo o estado, paralisando inúmeras escolas contra a reforma da previdência de Temer. Apesar da pouca atividade da Apeoesp e do corpo mole das Centrais Sindicais, os professores estaduais demonstram a vontade de lutar. É necessário que as Centrais Sindicais organizem um plano de lutas real para barrar a reforma da previdência e anular os ataques do golpista Temer, como a reforma, a intervenção no RJ, junto aos ataques de Dória e Alckmin, e pela defesa do povo poder decidir em quem votar.




Tópicos relacionados

Paralisação 19F   /    Reforma da Previdência   /    Educação   /    Política

Comentários

Comentar