Juventude

POLÍTICA HIGIENISTA DE DÓRIA

Manifestação contra as ações higienistas na Cracolândia aconteceu hoje em São Paulo

sexta-feira 26 de maio| Edição do dia

Aconteceu hoje em São Paulo uma manifestação contra a ação absurda política higienista protagonizada pelo governador Geraldo Alckmin e o prefeito de São Paulo João Dória (ambos do PSDB) na conhecida região da “Cracolândia”. Desde domingo (21/05) até o dia de hoje há um forte contingente policial (militar, civil, forças de operações especiais) na região operando com toda intensidade e arbitrariedade típica dos aparatos repressivos do Estado em função do projeto de especulação imobiliária “Nova Luz”.

Foram centenas de remoções compulsórias, retirada de pertences dos moradores de ruas, prisões, demolições de prédios com pessoas dentro. De tão absurda, até a Justiça (que é burguesa e racista) proibiu as remoções compulsórias e as demolições de prédios habitados na região.

Willian, militante do MRT e do Esquerda Diário, esteve na manifestação fazendo a cobertura do ato. Veja os vídeos:

Em uma conversa com um membro do coletivo "A Craco Resiste", que se formou no começo deste ano para evitar que essa ação higienista acontecesse, pois já sabiam que a gestão Dória daria continuidade ao projeto Nova Luz, o ativista revelou que empresas como a Porto Seguro estão comprando vários terrenos e prédios da região, um claro exemplo que ilustra a quem serve esse projeto: grandes empresas e empresários pela via da forte especulação imobiliária local. No entanto, quem paga o preço com seu sangue e sua vida são a população pobre e dependente de drogas, como o “crack”, intencionalmente fabricadas para “limpezas étnicas” mundo afora.




Tópicos relacionados

João Doria   /    Alckmin   /    Drogas   /    Violência Policial   /    Juventude

Comentários

Comentar