Negr@s

Mais quatro pessoas são encontradas mortas após chacina no Pará

Um dia após o segundo maior massacre prisional da história do país, mais quatro pessoas envolvidas na rebelião foram encontradas mortas dentro do caminhão que transportava os detentos para outros presídios na madrugada de hoje (31).

quinta-feira 1º de agosto| Edição do dia

Além das 58 mortes já confirmadas anteriormente durante a rebelião de ontem (30) no presídio de Altamira/PA, mais detentos entraram para as nefastas estatísticas do caso, somando agora 62 mortes. Para o desprezível Bolsonaro, “essas coisas acontecem”.

A política de encarceramento no Brasil é, na verdade, um projeto muito bem delineado pela burguesia junto às forças de segurança para que se tenha um controle social sobre as populações mais pobres, que são as que mais sentem os efeitos das sucessivas crises, das altas taxas de desemprego etc.

Devemos, ainda, nos atentar para os desdobramentos desse projeto perverso; na onda das privatizações que estão sendo colocadas em curso por Bolsonaro e seu ministro da economia Paulo Guedes, os presídios podem ser os próximos alvos dessa política, sendo mais uma ferramenta para enriquecer os capitalistas que lucram com a vida e com a morte da população mais miserável do país."




Tópicos relacionados

violência policial   /    Negr@s

Comentários

Comentar