Sociedade

SÃO PAULO

Mais um episódio da suposta ’’Guerra às Drogas’’ da prefeitura de São Paulo

A suposta ''guerra ao trafico'' mostra mais uma vez que trata - se de uma guerra aos pobres, e neste caso principalmente contra aqueles que estão em situação de extrema vulnerabilidade

quarta-feira 28 de novembro| Edição do dia

Em mais uma ação fracassada pela prefeitura de São Paulo, os Policiais Civis do Denarc, Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico realizaram na manha desta quarta - feira uma operação na Cracolândia, no Centro de São Paulo, com a intenção de buscar traficantes e entorpecentes armazenados em pensões da região.

Obviamente que esta operação não vai atrás dos eventuais policiais sem os quais o tráfico não funcionaria no centro de São Paulo, muito menos aqueles que estão nos bastidores no comercio de drogas e que lucram bastante com isso. Trata - se de mais uma operação para criminalizar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade e que em vez de receberem tratamento, apenas recebem violência policial.

Tanto é que a operação que contou com o apoio da Policia Militar e da Guarda Civil Metropolitania, fechou os acessos da Cracolândia com cordões formados por GCMs, impedindo aqueles que são dependente de transitarem na região. Uma ação que na verdade visa justificar fazer uma limpeza naquele local, uma política higienista que busca expulsar os pobres do centro de São Paulo e favorecer a especulação imobiliária na cidade.
Este episódio mostra mais uma vez a faceta do PSDB de João Doria e Bruno Covas, que tentam surfar na onda do Bolsonaro e aumentar a repressão contra os mais pobres em São Paulo. Dória já avisou que a partir do primeiro dia do seu governo, o policial entra para matar e operações como esta só mostra o aumento da repressão que não vai cair apenas sobre aqueles que são dependente químicos, ou traficantes, mas também sobre os trabalhadores e demais setores populares da sociedade




Tópicos relacionados

Guerra às Drogas   /    Cracolândia   /    cracolândia   /    Drogas   /    Sociedade

Comentários

Comentar