EUA: GEORGE FLOYD

Mais de 9 mil pessoas presas nas manifestações nos EUA pela repressão policial de Trump

Oito dias de protestos no Estados Unidos e nove mil pessoas presas, em média são mil e cento e vinte cinco pessoas presas por dia, mais uma vez o sistema capitalista escancara suas contradições de liberdade e democracia.

quinta-feira 4 de junho| Edição do dia

O Estado Unidos é o país mais rico do mundo, no meio da pandemia foi o segundo país mais afetado pelo covid-19, mesmo sendo o mais rico do mundo foi incapaz de produzir mascaras para toda a população. As manifestações contra a violência policial e justiça para George Floyd são grandes exemplos de disposição de luta para enfrentar esse sistema capitalista que nos assassina com a violência policial e com ausência de atendimento público de qualidade em combate ao covid-19. A democracia em um sistema desigual é uma grande contradição e os manifestantes presos no Estados Unidos são uma prova disso.

Oitavo dia de manifestações e a revolta negra não só tomou o Estados Unidos mas o mundo todo, ontem em Paris foram 19 mil manifestantes nas ruas gritando por justiça a George Floyd, Reino Unido, Austrália também tiveram ondas de manifestações. Nesse domingo dia 07 vários atos estão sendo chamado em vários estados do Brasil. Devemos seguir os exemplos do EUA e tomar as ruas de todo Brasil por justiça a George Floyd e João Pedro, também é preciso lutar contra Bolsonaro, Mourão e os militares figuras desse governo inimigo número dos negros e pobres.

Trump nos Estados Unidos quer criminalizar os manifestantes que se rebelam nas ruas, mas esse é o mesmo presidente de um país que isentou milhares de polícias que assassinaram os negros injustamente. A grande maioria dos policiais no EUA não são julgados e nem condenados e agora em meio a uma revolta, Trump quer incriminar quem luta por justiça a George Floyd e contra a violência policial. Isso é uma demonstração clara que no sistema capitalista não existe liberdade ou democracia aos negros e os pobres.

Liberdade imediata a todos os presos que se revoltam no Estados Unidos. Seguiremos os exemplos do Estados Unidos, justiça a George Floyd e João Pedro.




Tópicos relacionados

Justiça para George Floyd   /    Donald Trump   /    violência policial   /    [email protected]

Comentários

Comentar