Mais de 2 mil inscrições de 17 países no curso virtual sobre Feminismo e Socialismo

quinta-feira 5 de julho| Edição do dia

Com um chamado massivo e sem precedentes, hoje inicia o curso do Campus Virtual do Instituto do Pensamento Socialista "Karl Marx", impulsionado pelo La Izquierda Diario, parte da rede internacional que também faz parte o Esquerda Diário.

Acesse o site do Campus Virtual do IPS

De diferentes latitudes, como Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia, Brasil, Paraguai, Colômbia, Venezuela, Cuba, Costa Rica, México, El Salvador, Guatemala, Estados Unidos, França, Espanha e Irlanda, mais de 2.000 pessoas começarão hoje o curso ministrado por Andrea D’Atri, que faz parte do Campus Virtual Socialista, uma das iniciativas promovidas por La Izquierda Diario: um espaço aberto de formação e debate marxista, para atingir milhares de pessoas com ideias que visam transformar a realidade.

Livre e gratuito, organizado com aulas apresentadas por escrito, com comentários em vídeo, além de textos complementares, filmes, atividades e espaços de intercâmbio para refletir coletivamente, o curso propõe um percurso através da história do feminismo a partir de uma visão marxista, abordando o desenvolvimento das diferentes correntes e debates que a atravessaram desde sua origem.

"Os diferentes momentos da luta das mulheres na história, seus avanços e retrocessos estão ligados aos diferentes momentos da luta de classes, ou seja, com períodos de revolução e contra-revolução, com períodos de reforma e reação", disse Andrea. D’Atri, autora de Pan y rosas. Pertencendo a gênero e antagonismo de classe no capitalismo e co-autora de Lutadoras, histórias de mulheres que fizeram história, acrescentou que "nesta primeira reunião falamos sobre as ’pioneiras’, a herança do socialismo utópico, as contribuições de Flora Tristán, os debates que passaram pela conformação da Primeira Internacional, o papel das mulheres na comuna de Paris ".

D’Atri comentou o intenso trabalho que realizou nos últimos meses com uma equipe de militantes com experiência no campo audiovisual, especialistas em redes e design de plataformas como a que hospeda o curso virtual. "A equipe do Campus Virtual está muito entusiasmada com esse sucesso e com o desafio de trabalhar com uma matrícula tão imensa e diversificada, algo absolutamente sem precedentes como uma experiência não apenas da esquerda internacional, mas também nas áreas educacionais", disse ela, acrescentando que esperam espalhar este entusiasmo para aqueles que se inscreveram e serão os verdadeiras e verdadeiros protagonistas desta experiência pioneira.

Tradução: Douglas Silva




Tópicos relacionados

Feminismo   /    Marxismo

Comentários

Comentar