Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Maia diz que tentará aprovar o segundo turno da reforma da previdência na semana que vem

quinta-feira 11 de julho| Edição do dia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nessa sexta que a votação do segundo Turno da reforma da previdência pode ficar para a semana que vem. A intenção do presidente da câmara dos deputados é que a votação seja concluída antes do recesso parlamentar, à 18 de julho.

Leia mais: Emendas à reforma deixam intactos os ataques, menos aos policiais é claro

O texto principal foi aprovado nessa última quarta feira aprovado com ampla maioria dos votos, com 379 votos a favor e 131 contra, o que escancara os interesses do congresso profundamente contrários aos dos trabalhadores. A sessão foi interrompida as 2h da manhã durante a votação dos destaques e será retomada hoje, sexta dia 12/07.

Leia também: URGENTE: comissão do Congresso amplia MP de Bolsonaro para massacrar direitos trabalhistas

A reforma da previdência é um ataque brutal ao conjunto dos trabalhadores e do povo pobre e faz parte de uma agenda política e econômica que visa submeter mais ainda o Brasil ao capital imperialista, garantindo o pagamento de valores estratosféricos à dívida pública, sendo fonte de mão de obra super-barata e com cada vez menos direitos e revalorizando o caráter primário da economia nacional, tornando o brasil fazenda do mundo.

Leia mais: Em quarto dia de votação da previdência, Centrais Sindicais não deram sinal de vida




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Rodrigo Maia   /    Reforma da Previdência   /    Política

Comentários

Comentar