Gênero e sexualidade

MÃES DA LINHA DE FRENTE

Mães da linha de frente: “resistência e luta hoje e sempre!”

Reproduzimos abaixo um depoimento nos enviado na noite dos dias das mães de uma companheira trabalhadora, assistente social de São Paulo, em forma de denúncia e homenagem às mães e trabalhadoras.

terça-feira 12 de maio| Edição do dia

“Boa noite, sou mãe, trabalhadora, esquerdista, estou à frente de um serviço na assistência social com os mais vulneráveis que são as pessoas em situação de rua. Entendo que nesse momento os mais vulneráveis são todos nós trabalhadores que vem de uma precarização, seja salarial ou estrutural. Somos conveniadas com a prefeitura de São Paulo, onde a mesma cobra um atendimento qualificado, com protocolos, para que nós possamos atender este público do qual eu me referi, porém, em nenhum momento nos foi dadas as condições para que pudéssemos exercer os protocolos como deveríamos. A saúde, ela está na linha de frente e é muito lembrada, mas a assistência social, as assistentes sociais elas também fazem um trabalho de enfrentamento mas não existe nenhuma visibilidade. Estamos tão invisíveis quanto aqueles que nós atendemos. Nesta noite desejo a todas as mulheres, a todas as mães, a todos os trabalhadores, que tem que se reinventar com as poucas condições que nos são dadas. Que o momento é desafiador, o momento é turbulento, onde não temos nenhum amparo governamental, seja em qualquer instancia, seja no federal no estadual ou no municipal. A classe trabalhadora é que tem que se reinventar e que tem que se assegurar nos seus mínimos direitos e que a cada dia estão sendo retirados. Então pra você mulher, pra você mãe, eu desejo, segurem nas mãos, é um momento de que ninguém solte da mão de ninguém. Uma boa noite e que Deus nos proteja. Resistência e luta hoje e sempre!

E quero parabenizar as nossas guerreiras que são o símbolo da resistência e do amor. Do altruísmo, da empatia, o amor incondicional, parabéns todos os dias mães, que tem pela frente os desafios e as lutas diárias.”




Tópicos relacionados

Assistência Social   /    Coronavírus   /    Mulheres   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar