MRT

OCUPA BRASÍLIA

MRT em Brasília: derrubar as reformas e impor uma Constituinte já

Já são ao menos 100 mil manifestantes em Brasília nesse 24M, contra Temer e suas reformas, vindos de todo o país. O MRT, junto ao Movimento Nossa Classe, a Juventude Faísca e as mulheres do Pão e Rosas somam-se na Praça dos Três Poderes para gritar também por uma greve geral até derrubar as reformas e governo Temer e por uma constituinte já!

quarta-feira 24 de maio| Edição do dia

Com delegações de trabalhadores e jovens, estudantes universitários e secundaristas, de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Natal, o Movimento Revolucionário de Trabalhadores está em Brasília se somando aos 100 mil manifestantes para fazer ecoar na capital do país o grito por uma greve geral por tempo indeterminado, até derrubar as reformas e o governo golpista de Temer, e a partir dessa luta impor uma Assembleia Constituinte já.

A manifestação segue sendo fortemente reprimida pela polícia, na tentativa do governo de calar os manifestantes. "Estamos aqui com mais de cem mil trabalhadores e jovens de todo o país, que vieram de caravanas de todos os estados para lutar pela derrubada de Temer e de suas reformas. Suas bombas e seu autoritarismo expressam a tentativa de calar a nossa luta e organização por meio da força, mas nós não permitiremos.", declarou Diana Assunção, trabalhadora da USP e dirigente do Movimento Revolucionário de Trabalhadores (MRT) ao Esquerda Diário, direto de Brasília.

Veja aqui a declaração de Diana Assunção na íntegra: "Temer tenta calar cem mil em Brasília com suas bombas, mas não permitiremos!"









Pode estar interessado: A Constituinte tem que ser expressão da luta para derrotar as reformas




Tópicos relacionados

#OcupaBrasília   /    #24M   /    MRT

Comentários

Comentar