Cultura

Museu Nacional

Luzia, fóssil mais antigo das Américas, foi achado nos escombros do Museu Nacional

O anúncio foi feito no início da tarde desta sexta-feira por Cláudia Rodrigues, profissional da equipe de escavamento da instituição, que pegou fogo no último dia 2 de setembro.

sexta-feira 19 de outubro| Edição do dia

A equipe de pesquisadores encontrou o crânio de Luzia no meio dos escombros do Museu Nacional, o fóssil sofreu alterações causadas pelo incêndio, mas 80% dos seus fragmentos já foram identificados, além de uma parte do fêmur. Entretanto, o trabalho de montagem dos fragmentos ainda não foi iniciado.

(Partes do crânio do fóssil foram apresentadas pelo Museu Nacional nesta sexta-feira)

O museu, que no início de setembro, teve cerca de 90% de seu acervo destruído, hoje termina o dia com sentimento de alívio, porém esse acontecimento que pode criar certa suavização no momento, junto com achados de um fóssil de um dinossauro no dia de ontem (18), não deve diminuir nossa profunda revolta com o descaso do atual governo golpista brasileiro.




Tópicos relacionados

Museu Nacional    /    Incêndio   /    Cultura

Comentários

Comentar