Política

CARAVANA DO LULA

"Lula faz demagogia em MG, mas não é alternativa pra enfrentar a direita", diz Flavia Valle

Termina hoje a Caravana de Lula por Minas Gerais com ato na Praça da Estação em Belo Horizonte. Veja abaixo comentário de Flavia Valle, ex-candidata a vereadora de Contagem do MRT pelo PSOL.

segunda-feira 30 de outubro| Edição do dia

Termina hoje a Caravana de Lula por Minas Gerais com ato na Praça da Estação em Belo Horizonte. Flavia Valle, ex-candidata a vereadora de Contagem do MRT pelo PSOL comentou sobre a caravana: "Depois de aliar-se à oligarquia nordestina, Lula renova seus velhos laços com os capitalistas mineiros e diversos prefeitos de partidos golpistas para também aqui renovar suas alianças com a direita. Além de fazer seus comícios, Lula busca novas alianças com PP, PMDB e os PRB de Minas, todos eles apoiadores tanto de Temer como de Pimentel, e ainda costurar acordos com os empresários em Minas. O ex-presidente comemorou seu aniversario na Coteminas, em Montes Claros (MG) como sinal de aproximação para reerguer uma ponte com o empresariado, afagando o filho de José de Alencar (1931-2011), seu vice e fundador da têxtil agora presidida por Josué. Estas relações mostram a serviço de que esteve essa caravana: muita demagogia pra refundar um projeto de conciliação com os empresários e também com a direita golpista".

Para Flavia, a relação com o empresariado mineiro e com prefeitos de partidos golpistas é apenas um dos aspectos que torna Lula e o PT inofensivos a esta direita.

"Nós que lutamos contra o golpe institucional e seguimos lutando fortemente contra esta direita que se levanta cada vez mais precisamos tirar lições do que foi o governo petista. Foram 13 anos de negociatas, assumindo os métodos da corrupção inerentes ao sistema capitalista e abrindo espaço pra direita em nome da governabilidade. Aqui em Minas Gerais pudemos ver bem até onde pode chegar a busca por governabilidade com as recorrentes repressões do governo Pimentel. Por isso que esta Caravana, que antecipa sua campanha eleitoral, não pode ser vista de outra forma: se trata de pura demagogia com o povo pobre e trabalhador de Minas Gerais. Não será com acordos com os empresários, com prefeitos e deputados de direita, que vamos enfrentar essa direita, os trabalhadores e a população pobre de Minas Gerais precisam de uma alternativa à esquerda do PT para enfrentar as reformas e todos os ataques", finalizou




Tópicos relacionados

Minas Gerais   /    Juiz de Fora   /    Contagem   /    PT   /    Lula   /    Belo Horizonte   /    Política

Comentários

Comentar