Gênero e sexualidade

FEMINISMO E MARXISMO

Lançamento do livro “Pão e Rosas” na PUC–SP, um importante debate sobre Feminismo e Marxismo

No dia 05 de setembro ocorrerá na PUC-SP o lançamento do livro “Pão e Rosas”. Um debate imperdível para todos que querem ter uma visão revolucionária de como tratar as opressões às mulheres, retomando debates históricos e estratégicos de como foi tratada a questão da mulher na Revolução Russa. Além de debates sobre o feminismo atualmente e suas distintas correntes de pensamento, e em particular um debate sobre Feminismo e Marxismo.

terça-feira 22 de agosto| Edição do dia

O debate sobre a opressão às mulheres está amplamente difundido na sociedade, com movimentos nacionais e internacionais que foram denominados “primavera das mulheres”. Existem distintas correntes de pensamento que tocam o tema, na mesa de lançamento do livro “Pão e Rosas” será abordado o viés revolucionário e de classe. Retomando a experiência dos revolucionários russos, nesse centenário da Revolução de Outubro, mas também resgatando um feminismo insubordinado que ao questionar a opressão, questiona também todo o Capitalismo.

O debate será no dia 05 de Setembro às 19 horas na sala 100A da PUC de São Paulo, a mesa será composta por: Diana Assunção, Historiadora formada pela PUC–SP, dirigente do sindicato da USP (SINTUSP) e fundadora do grupo de mulheres Pão e Rosas; Beatriz Abramides, do Programa de Estudos Pós Graduados em Serviço Social, coordenadora do NEAM- Núcleo de Estudos e Pesquisas em Aprofundamentos Marxistas e Diretora da APROPUCSP; e Vera Vieira, Professora do Curso de História da PUC–SP, Coordenadora do CEHAL- Centro de Estudos de História da América Latina e Caribe-Pós em História e Diretora da APROPUCSP.

O livro “Pão e Rosas” é uma importante referência do feminismo de classes, trazendo debates em como o capitalismo se apropria das opressões para aumentar sua taxa de exploração, dialogando com a história do feminismo da primeira e da segunda onda, além dos debates atuais.

Pão e Rosas é também o nome da agrupação internacional, que está em distintos países da América Latina, como Argentina, México, Chile, Brasil, também nos EUA, França, Estado Espanhol e outros. A autora do livro, Andrea D’Atri, é uma das fundadoras do grupo de mulheres Pão e Rosas e militante do PTS (Partido dos Trabalhadores Socialistas da Argentina). Grupo irmão do MRT (Movimento Revolucionário dos Trabalhadores) no Brasil, partido do qual Diana Assunção faz parte.

No lançamento do livro também será lançado o grupo de estudos impulsionado pelo grupo de mulheres Pão e Rosas, com o tema "A mulher e a Revolução Russa". Todos estão convidados a comparecer nesse importante e interessante debate.




Tópicos relacionados

Pão e Rosas   /    Feminismo   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar