DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA

Departamento do ICB-UFMG divulga informações sobre o coronavírus combatendo a desinformação

Professores e estudantes do Departamento de Microbiologia da UFMG usam o Instagran para divulgar informações científicas sobre o coronavírus, ajudando a combater a desinformação, em tempos de fake news e terraplanismo da extrema direita bolsonarista, em plena pandemia da COVID19.

sexta-feira 20 de março de 2020| Edição do dia

Bolsonaro e Weintraub tanto disseram que nas universidades só havia balbúrdia mas, em plena pandemia de COVID19 quem está cumprindo um papel importante? Sim, os estudantes, professores e técnicos de alguns laboratórios de uma universidade federal. Não só na pesquisa, mas na divulgação.

Com a crise do coronavírus, que é sanitária, social e financeira, a mídia tradicional não ajudou: insistia em divulgar apenas os números de infectados e mortos, depois de a situação se agravar passou a divulgar minimamente cuidados básicos de prevenção, mas não ajuda o trabalhador a ter dimensão da situação, ficando suscetível às fake news do WhatsApp.

O presidente Bolsonaro só dá maus exemplos: primeiro disse que era fantasia, depois foi às manifestações do dia 15 mesmo sob suspeita de contaminação, e ontem ensinou a todas e todos como não usar uma máscara.

É neste momento que a conta no Instagran do Departamento de Microbiologia do ICB-UFMG está divulgando informações científicas sobre o coronavírus. Essa iniciativa precisa ser cada vez mais comum, para que essa crise seja combatida pelas mãos das trabalhadoras e trabalhadores, com o auxílio imprescindível e inquestionável da ciência. E, agora mais do nunca, o conhecimento produzido nas universidades deve estar a serviço dos trabalhadores e da população, para resolver os grandes problemas, e não de empresas privadas e de seus lucros.

Veja também: 9 medidas de emergência para combater a crise do coronavírus




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Juventude    /    UFMG   /    Ciência e Tecnologia

Comentários

Comentar