Política

MISTÉRIO CONTINUA

Justiça determina sigilo na investigação da morte de Teori Zavascki

A justiça de Angra dos Reis determinou hoje, segunda-feira (23), que haverá sigilo acerca das investigações envolvendo a queda do avião em que Teori Zavascki e mais quatro pessoas morreram.

segunda-feira 23 de janeiro de 2017| Edição do dia

O mistério sobre as causas da queda do avião em que se encontrava o redator da Lava-Jato, ministro Teori Zavascki, permanece. A caixa-preta do avião está danificada, segundo a FAB (Forças Aéreas Brasileiras), mas não totalmente comprometida.

Os responsáveis pela investigação são o Ministério Público e a Polícia Federal, mas quem determinou o sigilo foi o Juiz Rafael Felice Pirro, 1ª Vara Federal.
Amanhã, terça-feira, o MP e a PF vão começar a ouvir testemunhas do acidente.

A determinação ocorre em meio a uma série de suspeitas envolvendo a queda do avião. Muito se fala nas redes sociais sobre a possibilidade da queda ter sido planejada, uma vez que Teori Zavascki era redator da Lava-Jato e agora o próximo ministro do STF vai ser escolhido pelo atual presidente, também citado várias vezes na Lava-Jato, bem como parte considerável de seu governo.




Tópicos relacionados

Operação Lava Jato   /    Política

Comentários

Comentar