Sociedade

PRIVILÉGIOS DOS JUÍZES

Juizes recebem mais de 100 mil reais ao mês enquanto negam direitos de trabalhadores

segunda-feira 13 de julho| Edição do dia

Em matéria publicada pela Folha de São Paulo (12/07), da casta de juízes que estão no país, mais de 8000 receberam mais de 100 mil reais de salário entre 2017 e Abril de 2020.

O supersalário explicado pela matéria é como um acúmulo do teto da remuneração do juiz, auxílios, verbas indenizatórias, 13º salário e eventuais bonificações trocadas entre os interesses dos juízes e assembleias legislativas.

Em um cargo que não é eleito por ninguém, e que toma decisões que afetam decisivamente as vidas das pessoas (individual ou coletivamente), o esquema de bonificações autorizadas para ultrapassar o teto salarial que varia entre 27l e 31 mil reais escancara as lacunas que o sistema capitalista estipula como viáveis entre a vida desses privilegiados e a de tantos milhares que são afetados pela Covid 19 com trabalhos precários, baixíssimos salários ou desemprego.

Ao mesmo tempo, o judiciário também mostra que, em contraposição à luta dos entregadores de app e os que se levantam contra o racismo e a violência policial, os interesses de quem recebe os supersalários são os mesmos das empresas, banqueiros e figuras do capitalismo internacional.

Defendemos que todos os juízes sejam eleitos e revogáveis, e que recebam o mesmo salário dos professores.




Tópicos relacionados

privilégios   /    Salário   /    Sociedade   /    Poder Judiciário

Comentários

Comentar