Internacional

CRISE NO ORIENTE MÉDIO

Irã ataca base militar dos EUA no Iraque em retalição ao assassinato de Soleimani

Irã lançou na noite desta terça-feira (7) um ataque às bases militares norte-americanas de Al Asad e Erbil, no Iraque. O Irã confirmou a autoria dos ataques como o início da retaliação iraniana ao assassinato do General Qassem Soleimani, morto por um bombardeio ianque no dia 3.

quarta-feira 8 de janeiro| Edição do dia

Na noite desta terça-feira (7), dezenas de mísseis atingiram duas bases norte-americanas no Iraque. A Guarda Revolucionária do Irã assumiu os lançamentos e afirmou que eles são parte da operação de vingança pelo assassinato do General Soleimani. A agência estatal iraniana de notícias Fars confirmou o ataque e afirmou ser o “Início da vingativa retaliação do Irã pelos EUA”.

Estes ataques são os primeiros movimentos de retaliação do Irã contra os Estados Unidos após o bombardeio no aeroporto de Bagdad que assassinou um dos generais mais importantes do Irã, Qassem Soleimani. Uma ação ultrajante que demonstra o caráter profundamente imperialista e criminal do "America First" de Donald Trump.

A retaliação do Irã promete uma escalada imprevisível no conflito. Acompanhe as notícias e análises sobre a crise no Oriente Médio pelo Esquerda Diário.

Veja também:
“A pergunta não é se o Irã responderá, mas quando e em quais proporções”
Abaixo a agressão do imperialismo ianque contra o Irã!




Tópicos relacionados

Imperialismo   /    Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar