Política

AUTORITARISMO JUDICIÁRIO

Toda solidariedade a Boulos e o Psol, alvos de ataques de Bolsonaro e do judiciário

Na mesma semana em que Bolsonaro busca apresentar seu projeto de Reforma da Previdência no Congresso Nacional, o ex-candidato a presidência do PSOL Guilherme Boulos, como representante do MTST, é intimado pela Advocacia Geral da União (AGU) a responder em relação a uma manifestação contra a Reforma da Previdência, realizada em 2017.

terça-feira 19 de fevereiro| Edição do dia

Na mesma semana em que Bolsonaro busca apresentar seu projeto de Reforma da Previdência no Congresso Nacional, o ex-candidato a presidência do PSOL Guilherme Boulos, como representante do MTST, é intimado pela Advocacia Geral da União (AGU) a responder em relação a uma manifestação contra a Reforma da Previdência, realizada em 2017.

Bolsonaro busca avançar na aprovação de seu ataque a Previdência Social e para isso envia um claro sinal de intimidação a todos os movimentos sociais e organizações de trabalhadores, contando mais uma vez com o apoio do judiciário golpista para concretizar uma de suas "promessas de campanha": botar um ponto final em todos os ativismos no Brasil. Bolsonaro nunca escondeu seu desejo de criminalizar o MTST e o MST taxando os grupo de terroristas, agora conta com a cumplicidade do judiciário, que seguindo sua atuação no golpe institucional, na prisão de Lula e manipulação nas eleições, busca atacar o direito a manifestação dos trabalhadores.

Nesse sentido, nós do Esquerda Diário e do MRT mais uma vez denunciamos esse autoritarismo judiciário, alinhado aos interesses do atual governo para assegurar a aprovação das reformas na base da intimidação e repressão. Nos solidarizamos com Guilherme Boulos, e todos os movimentos sociais, contra a perseguição política que vem sendo vítima. Frente a mais esse avanço autoritário exigimos que as centrais sindicais saiam de sua paralisia e crie um plano de lutas que seja capaz de enfrentar o autoritarismo do judiciário, Bolsonaro e os ataques.




Tópicos relacionados

Guilherme Boulos   /    MTST   /    PSOL   /    Poder Judiciário   /    Política

Comentários

Comentar