Sociedade

SERVIDORES MUNICIPAIS

Integrantes do MBL são presos por agressão a servidores em Porto Alegre

quarta-feira 21 de junho| Edição do dia

Três integrantes do direitista e racista Movimento Brasil Livre (MBL) e três servidores municipais foram detidos pela Guarda Municipal na manhã de hoje, quarta-feira, 21, após uma briga durante protesto de servidores públicos municipais em frente à prefeitura de Porto Alegre. Entre eles está o youtuber Arthur Moledo do Val, do canal reacionário "Mamãe, Falei".

Segundo o jornal Zero Hora há imagens do Centro Integrado de Comando (Ceic) que registram mostram o momento em que um dos integrantes do MBL, que não teve o nome divulgado, pega um cassetete retrátil e agride covardemente um municipário.

PODE TE INTERESSAR | Marchezan quer que municipários, estudantes e professores paguem pela crise

Os três integrantes do MBL realizavam vídeos e fotos em meio à manifestação dos municipários, por volta das 10h, na Praça Montevidéu. Estes e três integrantes do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) foram encaminhados à 17ª Delegacia de Polícia após a briga. O municipário agredido seguirá ao Departamento Médico Legal (DML) para exame de corpo de delito.

VEJA TAMBÉM
MBL comemora o PL da terceirização e precarização
MBL surta com a paralisação de trabalhadores e esbraveja pelo fim da Previdência
Nelson Marchezan Jr., herdeiro da ditadura e candidato do MBL em Porto Alegre




Tópicos relacionados

MBL   /    Porto Alegre   /    Sociedade

Comentários

Comentar