Internacional

INCÊNDIO FAVELA

Incêndio em favela na capital do Quênia deixa 4 mortos

Mais de 14 mil pessoas foram atingidas. O incêndio demorou cerca de 10 horas para ser apagado, policiais falaram que o caminhão dos bombeiros não havia água. A miséria capitalista faz 4 vítimas nesse incêndio, que nunca é acidental, mas arquitetado socialmente.

terça-feira 30 de janeiro| Edição do dia

(Foto: Thomas Mukoya/ Reuters)

Por volta das 20h (15h no horário de Brasília) do dia 28, a favela de Langata, em Nairobi, pegou fogo e deixou cerca de 4 pessoas mortas e 14 mil pessoas foram atingidas.

O incêndio demorou por volta de 10 horas para ser apagado. Moradores afirmaram que os bombeiros demoraram e quando chegaram, não havia água no caminhão. Além do difícil acesso à favela por falta de estrutura.

A polícia abriu uma investigação para averiguar as causas do incêndio. A suspeita é que tenha sido provocado, segundo os moradores, eles também responsabilizam o governo pela falta de assistência necessária.

Centenas de pessoas se abrigaram em igrejas e escolas. Alimentos estão sendo arrecadados para ajudar a população.

No Brasil, este tipo de incêndio em favelas por todo o país aparece como uma "tragedia" nos jornais, porém estão longe de ser um "acaso acidental", mas está associado diretamente a atuação do capital imobiliário, tráfico e poder público. As condições precárias de moradia não são acidentes, a omissão do poder público frente ao risco que corre cotidianamente essa população, não dispondo sequer mangueiras para apagar as chamas, estão a serviço das queimadas e suas mortes.




Tópicos relacionados

favela   /    Internacional

Comentários

Comentar