Internacional

IMPERIALISMO

Imperialismo estadunidense ameaça punir até mesmo aliados europeus se estes ajudarem Irã

Secretário do Tesouro Americano diz que quem ajudar Teerã sairá do sistema dólar.

sexta-feira 19 de julho| Edição do dia

Imagem: (Leah Millis/Reuters)/ Veja

Washington segue com suas medidas impositivas a todos os países do mundo a não manterem relações comerciais com Teerã sob pena de suas sanções comerciais. Isso foi reforçado essa semana com o discurso do Secretário do Tesouro Americano, Steven Mnuchin, que foi categórico ao afirmar que “quem quiser participar do sistema dólar deve cumprir as sanções dos EUA”, dito em encontro bilateral com representantes franceses em reunião paralela ao encontro de finanças do G7.

O restabelecimento de sanções é a consequência direta da retirada dos EUA do acordo em maio de 2017, não por violação das obrigações assumidas pelo Irã, mas porque Trump considera o acordo como prejudicial aos interesses americanos, como já viemos expondo aqui no Esquerda Diário

Desta vez o recado é mais claro para seus aliados europeus que devem escolher entre manter relações comerciais com o Irã ou continuar tendo acesso ao mercado estaduninense e ao mercado financeiro global que é dominado pelos EUA.

As informações são do portal Valor Econômico.




Tópicos relacionados

Imperialismo   /    Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar