Juventude

IDEIAS NAS UNIVERSIDADES #2 - ESPECIAL UM ANO DO 15M

Ideias nas Universidades #2: as lições e os desafios da juventude há um ano do 15M

Nessa segunda edição do nosso especial, concentramos nossas reflexões nos desafios da juventude diante da crise capitalista agravada pela pandemia do coronavírus, retomando as lições do 15M e do Tsunami da Educação, que completam um ano.

sexta-feira 15 de maio| Edição do dia

Como parte das reflexões e debates realizados pela juventude Faísca - Anticapitalista e Revolucionária, expressamos neste especial as lições do Tsunami da Educação, que completa hoje um ano, buscando pensar os desafios da atualidade diante do agravamento da crise capitalista pelo coronavírus, os debates sobre a crise política nacional, e a necessária aliança entre a juventude e a classe trabalhadora, que em todo mundo é a linha de frente do combate à pandemia. Também trazemos uma homenagem ao dia das assistentes sociais, trabalhadoras que estão na linha de frente da luta em defesa das nossas vidas.

Em tempos de pandemia, lições do tsunami da educação

A pandemia do coronavírus escancara a decadência capitalista e no Brasil a situação é devastadora. Enquanto colapsam os sistemas de saúde nos estados, os desdobramentos da crise política e o agravamento da crise econômica colocam enormes desafios à juventude, aos estudantes e aos trabalhadores. Neste contexto são valiosas as lições das lutas passadas como o gigantesco 15M de 2019.

Por: Val Muller, estudante de Letras da UFRGS e Maria Eliza, estudante de biologia da UFMG

A manutenção do Enem como uma cara de um sistema que se prepara para excluir mais

Nesta semana, foram abertas as inscrições para o Enem, que Weintraub quer manter a todo o custo, mesmo com a pandemia e o fato de grande parte dos estudantes da rede pública do Ensino Médio não estarem conseguindo assistir às aulas. A medida gerou um rechaço generalizado, por parte da juventude que não aceita mais esse ataque do governo, mas também de políticos e setores do regime que desde sempre sustentam o vestibular como método de "seleção" (exclusão) ao Ensino Superior, combinado à privatização da educação. O Enem precisa ser adiado, e, junto a isso, precisamos apontar um programa de fundo para a educação contra as saídas burguesas que se colocam nesta crise.

Por: Vitória Camargo, estudante de ciências sociais da Unicamp

Por uma vanguarda jovem e trabalhadora no combate ao capitalismo da Covid-19, Bolsonaro e Mourão

Um debate sobre a necessidade da juventude forjar uma aliança com a classe trabalhadora na luta contra Bolsonaro e Mourão, em uma saída independente para a crise capitalista agravada pela pandemia do coronavírus.

Por: Rosa Vertov e Luiza Eineck, estudantes da UnB

No dia das assistentes sociais, viva às profissionais da linha de frente na luta pela vida

Neste 15 de maio nada convencional, celebramos também o dia das assistentes sociais. Essa profissão que ganhou centralidade frente à pandemia, cumprindo papel essencial na linha de frente da saúde e no atendimento assistencial à população.

Por: Luísa Santos do Amaral Matos, coordenadora do Centro Acadêmico de Serviço Social da UERJ




Tópicos relacionados

Especial Ideias nas Universidades   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Vestibular   /    15M 2019   /    ENEM   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar