Política

ELEIÇÕES 2016 RIO

Ibope: vantagem de Crivella sobre Freixo cai de 26 para 17%

A primeira pesquisa divulgada pelo Ibope, há dez dias, apontava 26% de vantagem de Marcelo Crivella (PRB) em relação a Marcelo Freixo (PSOL). Na nova pesquisa, essa margem foi reduzida para 17%.

quinta-feira 20 de outubro| Edição do dia

O primeiro levantamento feito pelo Ibope no segundo turno apontava uma liderança com grande folga de Crivella, que tinha 51% dos total de votos contra 25% de Freixo. Os votos nulos e brancos eram 21% e 3% dos eleitores disseram não saber em quem votariam.

Na pesquisa divulgada nessa quinta-feira, 20, foi apontada uma queda de seis pontos percentuais de Crivella, de 51% para 46%, e um aumento de cinco pontos percentuais para Freixo, que passou de 25% na primeira pesquisa para 29% no último levantamento. O percentual de votos nulos e brancos se manteve estável, em 21%, e os que não sabem ou não responderam passaram de 3% para 4%.

No caso de uma pesquisa espontânea, ou seja, em que os pesquisadores não indicam o nome dos candidatos para os eleitores, os resultados foram 41% para Crivella, 25% para Freixo, brancos e nulos 25% e os que não sabem ou não responderam somaram 9%.

Se forem considerados apenas os votos válidos (desconsiderando brancos e nulos e os que não sabem ou não responderam), Crivella atinge 61% e Freixo 39%, enquanto no primeiro levantamento Ibope esses números eram de 67% e 33% respectivamente.

De acordo com o instituto, o grau de confiança da pesquisa (ou seja, sua probabilidade de representar a intenção real de voto) é de 95%, e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Migração de votos

Os dados de migração de votos dos candidatos do primeiro turno também foram averiguados na pesquisa.

Entre os eleitores de Pedro Paulo (PMDB), a pesquisa aponta que 39%, no segundo turno, vão votar em Crivella, e 32%, em Freixo. Votariam em branco ou anulariam 23%, e 6% estão indecisos.

Na primeira pesquisa, 52% dos eleitores de Pedro Paulo disseram que votariam em Crivella, e 19, em Freixo. Votariam em branco ou anulariam 25%, e 3% estão indecisos.

Dos eleitores de Flávio Bolsonaro (PSC), 69% afirmaram que irão votar em Crivella no segundo turno, e 10% em Freixo. Os brancos e nulos somam 20%, e indecisos 1%.

Na primeira pesquisa, 67% dos eleitores de Bolsonaro disseram que votariam em Crivella no segundo turno, e 9%, em Freixo. Votariam em branco ou anulariam 19%, e 5% estão indecisos.

Quanto aos eleitores de Indio da Costa (PSD): 33% dizem que vão votar em Crivella no segundo turno, e 44%, em Freixo. Brancos e nulos: 19%. Indecisos: 4%.

No levantamento anterior, 37% dos eleitores de Indio disseram que votariam em Crivella no segundo turno, e 30%, em Freixo. Votariam em branco ou anulariam 26%, e 7% estão indecisos.

Sobre os que votaram em Crivella no primeiro turno, a pesquisa afirma que 94% pretendem votar em Crivella no segundo turno, e 3% em Freixo. Brancos e nulos: 2%. Indecisos: 1%.

Em relação aos eleitores de Freixo os dados são: 5% dizem que vão votar em Crivella no segundo turno, e 90%, em Freixo. Brancos e nulos: 3%. Indecisos: 1%.

O Ibope ouviu 1.001 eleitores de todas as regiões do Rio, com 16 anos ou mais, de 17 a 19 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo RJ-00407/2016.

Entre os que disseram que, no primeiro turno, votaram em branco ou anularam o voto: 28% dizem que, no segundo turno, vão votar em Crivella, e 22%, em Marcelo Freixo. Outros 44% dizem que pretendem votar em branco ou anular novamente, e 6% estão indecisos.

No levantamento anterior, entre os que votaram branco ou nulo no primeiro, 34% disseram que votariam em Crivella, e 17%, em Freixo.




Tópicos relacionados

Eleições Rio de Janeiro   /    Eleições 2016   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar