Internacional

ÚLTIMA NOTÍCIA

Hebe de Bonafini falou: questionou duramente a Justiça

Leu a carta que havia enviado ao juiz Martínez de Giorgi, na qual criticou a cumplicidade da casta judicial com os genocidas. Notícia em desenvolvimento.

quinta-feira 4 de agosto| Edição do dia

Há alguns minutos, a referência das Mães da Praça de Maio falou aos meios de comunicação, militantes e simpatizantes presentes. Na carta, que havia enviado ao juiz da causa, questiona fortemente a Justiça por sua cumplicidade desde décadas atrás com os genocidas do Processo.

“Tenho muitíssimo que agradecer a solidariedade recebida”, disse a dirigente no momento em que começou a falar.

Na carta, que foi enviada nesta manhã ao juiz Martínez de Giorgi, critica abertamente a Justiça por não haver dado resposta durante décadas aos pedidos de investigação sobre os filhos e a nora de Hebe de Bonafini.

A referência apontou que “ontem de última hora decidi fazer esta carta. Alguém tem que pagar”.

Ao mesmo tempo, afirmou que quer “mostrar como estão avançando os militares, como pretendem parar os julgamentos contra os genocidas, que estes andem livres pela rua”.

Hebe de Bonafini terminou sua intervenção reivindicando o kirchnerismo e o chamado “projeto nacional e popular”.

Tradução: Vitória Camargo




Tópicos relacionados

Internacional

Comentários

Comentar