Educação

REORGANIZAÇÃO ESCOLAR

Hackers invadem site da secretaria estadual de educação

sexta-feira 23 de outubro de 2015| Edição do dia

O site oficial da Secretaria da Educação de São Paulo foi invadido por hackers na manhã desta sexta-feira (23/10). Na sessão de vídeos do site foi adicionado um vídeo de cerca de 11 minutos com uma denuncia do professor de sociologia Luis Carlos de Melo que foi agredido pela Polícia Militar na manifestação do último dia 09/10.

A ação dos hackers se soma à onda de protestos que vem mobilizando estudantes e professores em todo o estado de São Paulo contra a reorganização escolar proposta por Geraldo Alckmin e Herman Voorwald, secretário de educação. A medida é denunciada por professores e alunos e está sendo implementada para diminuir os custos com a educação e levará ao fechamento de centenas de escolas por todo o estado, aumentando o desemprego entre os professores e prejudicando a vida de milhares de estudantes que terão que se deslocar para novas escolas mais distantes de suas residências.
(Leia também: 10 motivos para ser contra a reorganização das escolas do Estado de São Paulo)

Dezenas de atos já foram realizados ou estão convados espontaneamente por alunos, pais e professores, ao mesmo tempo em que o sindicato dos Professores de São Paulo (APEOESP) organiza um novo ato para o próximo dia 29/10.




Comentários

Comentar