Juventude

ADIA ENEM

Há um ano do 15M, participe com a Faísca do twittaço às 18h: #AdiaEnem e #ForaBolsonaroEMourão

Nesta sexta-feira, 15 de Maio, a UNE e outras entidades estudantis estão chamando um Dia Nacional pelo adiamento do Enem, há um ano das grandes mobilizações em que sacudiram o governo Bolsonaro contra os cortes na educação. Convocamos estudantes e professores a se somarem nesta ação.

sexta-feira 15 de maio| Edição do dia

Hoje, em meio à pandemia, teremos um dia de ações virtuais para rechaçar a decisão de Weintraub de manter o Enem, a qualquer custo, sem se importar com as condições de vida e estudo da juventude nesta pandemia. Para isso, levantaremos uma política independente das distintas alas do regime, que até se dizem contrárias à manutenção do Enem por seu cálculo político, mas defendem um projeto de educação excludente.

No 15M, batalhamos pela necessidade de uma só luta, contra Bolsonaro e seus ataques à educação e contra todo o regime político que defendia a Reforma da Previdência para fazer os trabalhadores morrerem de trabalhar. Hoje, somaremos o chamado do #AdiaEnem ao #ForaBolsonaroeMourão, justamente porque não confiamos nas alas do regime burguês que se colocam na oposição a Bolsonaro e querem pressionar os militares a romperem e assumirem a dianteira, seja pelo impechment, seja pela renúncia. Não há saída para a educação e a juventude com essas forças repressivas, que reivindicam o golpe de 64. Não confiamos em Maia, no STF e nos governadores.

Queremos expressar neste 15M também nossa solidariedade às e aos trabalhadores da saúde e dos serviços essenciais que estão na linha de frente do combate à pandemia. Nesta semana o 12 de maio, Dia Internacional Da Enfermagem, deu continuidade a protestos que já vinham se expressando em diversos hospitais pelo país, e é fundamental fortalecer todos esses focos de resistência. Isso porque é só a unidade da juventude e dos estudantes com a classe trabalhadora que pode apontar respostas de fundo para esta crise.

Venha com a Faísca e o Esquerda Diário nas redes expressar uma voz independente contra Weintraub, Bolsonaro e suas decisões absurdas. Chamamos as juventudes da Oposição de Esquerda da UNE a levantarem essa voz conosco.




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Abraham Weintraub   /    Weintraub   /    Governo Bolsonaro   /    ENEM   /    Juventude

Comentários

Comentar