Gênero e sexualidade

LANÇAMENTO PÃO E ROSAS UNICAMP

Há 10 anos no Brasil, Pão e Rosas lança seu livro na Unicamp

Na terça-feira dia 20 aconteceu no IFCH – Instituto de filosofia e ciências humanas da Unicamp o lançamento do livro Pão e Rosas – Identidade de Gênero e Antagonismo de Classes no Capitalismo, escrito por Andréa D’Atri e com prólogo de Diana Assunção, fundadora do Pão e Rosas Brasil - que em 2017 completa 10 anos.

Vitória Camargo

Coordenadora do CACH - Unicamp

Grazieli Rodrigues

Professora da rede Estadual em Campinas

sábado 24 de junho| Edição do dia

Pão e Rosas – Identidade de Gênero e Antagonismo de Classes no Capitalismo

O lançamento contou com uma mesa com a presença de Diana Assunção – diretora de base do Sintusp, autora do prólogo e militante do MRT, da professora Camila Massaro - do Departamento de Ciências Sociais da PUC Campinas, Lívia Cotrim - professora do Centro Universitário Fundação Santo André e Bárbara Castro - professora do Departamento de Sociologia da UNICAMP, sob mediação de Grazieli Rodrigues – professora da rede estadual em Campinas, militante do Grupo de Mulheres Pão e Rosa e do MRT.

Além do ano simbólico pelo aniversário do grupo, o relançamento desse livro esse ano tem ainda mais importância quando lembramos que em Outubro também se comemora o centenário da Revolução Russa, esse processo histórico cujo legado reivindicamos e que possibilitou aos trabalhadores e trabalhadoras russas uma experiência com uma sociedade sem classes, além da conquista de direitos elementares para dar início ao fim de toda opressão de gênero colocada sob a vida das mulheres, como o aborto legal por exemplo.

(Imagens publicadas na página de Diana Assunção no Facebook)

Com dezenas de estudantes, professoras e trabalhadoras na plateia, o lançamento foi muito impactante, num momento onde a questão gênero precisa ser discuta e levada a sério urgentemente, nas Universidades, nas escolas e nos locais de trabalho, com uma tomada de decisão para que toda opressão e violência machista seja combatida e desconstruída no cotidiano.

E tudo isso num cenário de tantos ataques por parte do governo golpista de Temer e de toda sua corja parlamentar que tem despejado nas costas dos trabalhadores, em especial das mulheres ataques tão duros como a Reforma da Previdência que quer nos fazer morrer trabalhando e igualar a idade de aposentadoria de homens e mulheres, ignorando nossas duplas e triplas jornadas de trabalho; além do já aprovado PL da Terceirização Irrestrita que coloca como uma condição de trabalho para todo o povo pobre a terceirização, nesse país onde a terceirização já tem rosto de mulher negra e migrante; além da Reforma Trabalhista que quer arrancar um a um dos nossos poucos e já ultrapassados direitos enquanto trabalhadores e trabalhadoras nesse sistema de exploração e opressão.

Comemoramos o sucesso do lançamento e convidamos a todas e todos a conhecerem esse livro, que para nós do Grupo de Mulheres Pão e Rosas cumpre uma função militante, sendo ferramenta de luta para contribuir com a compreensão e reflexão histórica desde o surgimento dos movimentos de mulheres até suas variações nos dias de hoje, além de abrir uma reflexão sobre a estratégia de luta que devemos adotar para que cada direito conquistado por dentro desse sistema possa ser um degrau a mais que nos leve a derrubada completa dele, para a construção de uma sociedade onde não só as mulheres, mas todos os seres humanos possam viver livres de toda opressão, exploração e com plenitude de sentido.

Para adquirir o livro é só entrar em contato com as mulheres que constroem o Pão e Rosas ou pela nossa página: https://www.facebook.com/PaoeRosasBrasil/




Tópicos relacionados

greve geral   /    Greve geral   /    Mulheres   /    Reforma da Previdência   /    Reforma Trabalhista   /    Unicamp   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar