×

Cara de pau | Guedes volta a responsabilizar alimentos e energia por inflação enquanto defende sua offshore milionária

Nos EUA para a reunião anual do FMI, Paulo Guedes voltou a dizer que sua offshore não é ilegal, mas quando perguntado sobre inflação no Brasil, respondeu que alta de preços é realidade em todo o mundo.

terça-feira 12 de outubro | Edição do dia

Foto: PABLO JACOB / Agência O Globo

Nesta terça-feira (12/10), o ministro da economia voltou a defender sua offshore e minimizar os efeitos da inflação no Brasil. Para Guedes a economia brasileira caminhada dentro da normalidade e de acordo com o resto do mundo.

Segundo o ministro “A inflação está em todo o mundo. Metade da inflação é exatamente comida e energia." No entanto, o IPCA, índice oficial de inflação do país, atingiu 1,16% em setembro e acumula alta de 10,25% em 12 meses. Esse número é praticamente o dobro da meta de inflação do próprio Banco Central, que é de 5,25%.

Enquanto para Paulo Guedes a economia caminha bem, o que se vê nas ruas do Brasil é fome e desemprego. Ontem noticiamos aqui no Esquerda Diário a escandalosa fila do lixo em BH, após a fila do osso. Amplos setores da população reviram lixo atrás de restos de comida para matar a fome enquanto a imoral offshore de Paulo Guedes cresce com sua política cambial.

LEIA MAIS: Após "fila do osso", fila do lixo em BH é mais um símbolo da miséria e fome no país




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias