Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Guedes se reunirá com Maia e Alcolumbre para encaminhar votação da Reforma da Previdência

Na segunda (4), Paulo Guedes, ministro da Economia, iniciou a organização da agenda para fazer reuniões com os chefes dos poderes e ajustar o discurso favorável à Reforma da Previdência.

terça-feira 5 de fevereiro| Edição do dia

Segundo blog de Política do G1, ontem, Guedes marcou para essa semana um jantar com Dias Toffoli, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal). Toffoli é um dos representantes do Judiciário golpista e que elegeu Bolsonaro que já sinalizou um “pacto” com o Executivo e o Legislativo para a aprovar a Reforma da Previdência. Isso fica nítido com sua discussão feita no domingo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, ambos do DEM.

Evidentemente, depois de reuniões com governadores e Federação Nacional de Prefeitos, Paulo Guedes está armando um conchavo dos três poderes para reforçar o diálogo pela Reforma da Previdência.

Hoje, terça (5), o ministro da Economia do governo de extrema direita de Jair Bolsonaro (PSL) se reunirá com o recém eleito presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM), às 15h, e também pretende se encontrar com Davi Alcolumbre, recém eleito à presidência do Senado. No almoço, Maia se reuniu com o ministro Onyx Lorenzoni para limpar o campo das discordâncias e rusgas da eleição para a Câmara e ficar o acordo que importa: a aprovação do ataque econômico decisivo que é a Reforma da Previdência.

Além disso, a Câmara de conjunto já começa a se articular para ajustar esse discurso, que já se estruturava no governo golpista de Michel Temer. O secretário da Previdência, Rogério Marinho, também se reúne hoje com o deputado Arthur Maia (PPS), que era o relator da Reforma da Previdência de Temer. Amanhã, quarta (6), Maia vai se reunir com os líderes da Câmara para fechar pauta da Casa.

Ontem, foi lançado pela equipe econômica do governo a minuta preliminar da PEC da Reforma da Previdência, já revisada pela equipe jurídica.

Veja mais: Proposta de Reforma da Previdência de Bolsonaro tem alvo: as mulheres trabalhadoras

De fato, o que se escancara é que, apesar das distinções entre os blocos de poder, o que unifica todo o governo junto aos empresários é passar a Reforma da Previdência, ataque decisivo para descarregar a crise nas costas dos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Paulo Guedes   /    Governo Bolsonaro   /    Rodrigo Maia   /    Jair Bolsonaro   /    Reforma da Previdência   /    Política

Comentários

Comentar