Política

BRASÍLIA

Grupo que defende Moro e ditadura militar ocupa Congresso

Grupo defende "intervenção militar" e gritou palavras de ordem em apoio a Sérgio Moro.

quarta-feira 16 de novembro| Edição do dia

Foto: Naira Trindade/Estadão

Cerca de 50 manifestantes invadiram a Câmara dos Deputados na tarde de hoje, em Brasilia. A sessão não-deliberativa que estava em curso no momento foi interrompida. Até as 16h estava em negociação a saída dos manifestantes, que se mantinham no local.

Durante o "protesto" os manifestantes pediram intervenção militar por afirmarem que "os deputados estavam implantando o comunismo no Brasil" (segundo TV Globo) e gritavam palavras de ordem "contra a corrupção", "viva Sérgio Moro" e "queremos general", também cantaram o hino nacional. O protesto foi contra as medidas do pacote anticorrupção que afetam o Poder Judiciário, como a que prevê a instituição de crime de responsabilidade para juízes e todos os membros do Ministério Público.

Segundo o site G1 uma participante chegou a cuspir em um dos seguranças da Câmara, o que ocasionou um tumulto. Veja o vídeo:




Tópicos relacionados

Poder judiciário   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar