Mundo Operário

GREVE DOS CORREIOS

Greve dos correios segue se fortalecendo apesar da CUT Tropa de Choque do governo Dilma

A greve está num crescente em todo o país. A assembléia de SP foi mais uma demonstração dessa força. Sergipe entrou em greve nesta segunda, ampliando as bases em greve. No DF ativistas denunciam que a CUT tratorou a maioria para impor um fim da greve

terça-feira 22 de setembro de 2015| Edição do dia

Não falta provas de que a greve de 2015 dos carteiros começa forte. Somente essa segunda: empresas começaram a anunciar atrasos, no Rio de Janeiro houve a primeira manifestação de rua, Sergipe foi mais um estado que entrou em greve.

No DF, onde a base tinha atropelado a direção da CUT e imposto a greve contra sua vontade, a empresa liberou chefes e anti-greve do trabalho (manobra que tem acontecido em vários estados, numa clara atitude anti-sindical) para ir votar contra a greve. Mesmo assim, a maioria nesta segunda foi a favor da greve. A direção do sindicato, Amanda, se recusou a aceitar a votação e impediu a contagem. Os comentários no facebook do sindicato que podem ser vistos clicando aqui mostram a revolta da base.

Apesar da operação da CUT para tentar desmontar a greve com seu histórico traidor da categoria, que estão operando como uma verdadeira Tropa de Choque do governo Dilma.

Na quinta feira haverá um ato de rua em São Paulo, convocado para as 14:00 no MASP, quando será importante a presença de outras categorias e estudantes para apoiar a greve.

Na sexta-feira haverá audiência de conciliação no TST.




Tópicos relacionados

Greve dos correios   /    Correios   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar