Política

RIO GRANDE DO NORTE

Grande debate político-estratégico marca lançamento da biografia de Rosa Luxemburgo em Natal (RN)

Nessa sexta-feira, 29, ocorreu em Natal uma atividade de lançamento da biografia de Rosa Luxemburgo, “Pensamento e Ação”, escrito pelo comunista alemão Paul Frölich e traduzido pela primeira vez em português pelas edições Boitempo e Iskra.

sábado 30 de março| Edição do dia

Essa atividade aconteceu no auditório do IFRN Cidade Alta e reuniu cerca de 40 pessoas. Foi o primeiro de um ciclo de lançamentos que ocorrerá nos próximos dias, com eventos nas universidades federais de Recife (PE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB).

O lançamento em Natal se deu também graças à parceria com o coletivo de produção cultural Guapo, que se organiza no IFRN, mas também à colaboração da APAF (Artistas Potiguares Anti-Fascismo), que divulgou e contribuiu com a atividade cultural realizada ao final do evento, com pocket shows de Emily Frank e da rapper Jujux. Além disso, contou com o apoio da Semana de Antropologia da UFRN, da qual esse lançamento fez parte da programação.

A professora Maíra Machado, da rede pública de Santo André (SP), que é militante do Pão e Rosas e foi candidata a deputada estadual pelo MRT em filiação democrática no PSOL, foi a convidada especial do evento. Sua exposição tratou dos principais momentos da vida de Rosa Luxemburgo, enquanto militante e dirigente operária que travou batalhas políticas contra grandes nomes da social-democracia alemã, como Eduard Bernstein e Karl Kautsky.

Nessas batalhas, combateu os desvios oportunistas e a adaptação a uma crescente burocratização dos sindicatos operários, contrapondo às ideias de um desenvolvimento “evolutivo” e pacífico do socialismo à necessidade de construção de uma força social que aposte na ação revolucionária das massas na derrubada da barbárie capitalista.

O debate ocorreu com a mediação de Jessiane Oliveira, que apresentou o projeto do coletivo Guapo, e a abertura de Marie Castañeda, que vinculou a discussão à necessidade de criar uma juventude marxista em Natal. Uma proposta que se conectou ao debate contemporâneo do papel de freio que a burocracia sindical e estudantil no Brasil, especialmente as que se vinculam aos interesses do PT, em organizar nos locais de estudo e trabalho a luta contra a Reforma da Previdência e Bolsonaro.

Tais temas seguirão como parte da realização de um grupo de estudos permanente no IFRN e na UFRN, parte da continuidade do chamado a que cada jovem se veja parte da necessidade de uma alternativa fortemente ideológica e marxista para os desafios que se apresentam, apostando na aliança operário-estudantil para enfrentar a burocracia da UNE e da CUT.




Tópicos relacionados

Natal   /    Pão e Rosas   /    Rio Grande do Norte   /    Rosa Luxemburgo   /    Professora Maíra Machado #umavozAnticapitalistaemSantoAndre   /    Política

Comentários

Comentar