Economia

PRÉ-SAL

Governo golpista acelera rodada extra de entrega do pré-sal há uma semana das eleições

Uma semana antes das eleições presidenciais, governo golpista se apressa para fazer rodada extra de leilão de campos de pré-sal.

segunda-feira 24 de setembro| Edição do dia

A 5ª rodada do leilão do pré-sal está prevista para o começo de novembro, e irá incluir duas áreas que originalmente estavam de fora da espoliação, por determinação do TCU, com expectativa de arrecadação para a União de apenas 6,82 bilhões de reais.

A pressa é para tentar efetuar a venda do máximo possível de áreas antes das eleições presidenciais, e desta forma tentar garantir o máximo possível de abertura do Pré-sal para as multinacionais. Todas a verba arrecada com essa entrega criminosamente de riquezas naturais estratégicas para o país servirá para o pagamento da dívida pública com os banqueiros agitas internacionais.

A avidez das empresas também pode ser explicada pela alta do preço do Barril (US$80) e pelo baixo custo de extração (aproximadamente US$7 por barril). Também já se apressa o leilão por cessão onerosa do “excedente” do pré-sal, que nada mais é do que uma forma de disfarçar a dilapidação do patrimônio nacional.

Precisamos de um plano de lutas pela estatização da Petrobras sob gestão dos trabalhadores e controle popular. Somente com uma Petrobras 100% estatal que garantiremos as demandas populares, reduzindo o preço, não só do diesel, mas da gasolina e do gás de cozinha, e garantir recursos para saúde e educação.




Tópicos relacionados

Petrobras   /    Pré-Sal   /    Privatização   /    Economia

Comentários

Comentar