Sociedade

REINTEGRAÇÃO DE POSSE MARCADA PARA 17/01

Governo de SP quer despejar 700 famílias de ocupação na Zona Leste da capital

Cerca de 700 famílias que estão vivendo em uma ocupação no bairro de São Mateus, na zona leste da capital paulista, estão sofrendo ameaça de despejo pelo Governo do Estado.

segunda-feira 16 de janeiro de 2017| Edição do dia

A ocupação foi instalada há mais de um ano em um terreno abandonado há mais de 40 anos. Localizada na zona leste de São Paulo, no bairro de São Mateus, as cerca de 700 famílias, que juntas somam cerca de 6 mil pessoas, foram notificadas recentemente da ameaça de reintegração de posse, marcada para a terça-feira do dia 17 de Janeiro. Veja video da TVT ao final da matéria.

A maior parte das famílias que lá vivem não tem para onde ir caso sejam despejadas. As entrevistadas na reportagem do video apresentaram sua situação de dificuldade, onde o salário não é suficiente para pagar o aluguel e o restante das contas.

Em meio à grave crise econômica na qual vive o país, com inflação e desemprego crescentes, uma reintegração de posse em um ocupação como essa significa colocar na rua milhares de pessoas, ampliando e aprofundando a crise habitacional que assola os grandes centros urbanos do país.

Há décadas o terreno é inutilizado, segundo os moradores, mas só após a ocupação surgiu a "necessidade" de reavê-lo. Casos como esses escancaram as prioridades do governo de Alckmin, que é o de favorecer grandes proprietários, que provavelmente vai manter o terreno vazio, em detrimento da vida de milhares de trabalhadores, jovens e idosos.

Ainda segundo os moradores, o pedido de reintegração de posse chegou de maneira muito rápida e nem deram tempo para os ocupantes se organizarem direito.

Exemplos de reintegração de posse como os do Pinheirinho, ocorrido em 2012 em São José dos Campos, nos alertam para a violência com que são efetuados os despejos por parte da Polícia Militar. Cercar a ocupação de solidariedade é necessário.

Veja o video:




Tópicos relacionados

Reintegração de Posse   /    Ocupações   /    Alckmin   /    Sociedade   /    violência policial   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar