Economia

PRIVATIZAÇÃO PETROBRAS

Governo avança na privatização da Petrobras com autorização de venda do Polo Pescada

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a venda da participação da Petrobras no Polo Pescada para a OP Pescada Óleo e Gás, subsidiária da Ouro Preto Óleo e Gás. A Petrobras vem sofrendo um processo de privatização que, embora seja espaçado no tempo e gradual, conduz a entrega de um dos recursos nacionais mais valiosos nas mãos da iniciativa privada.

terça-feira 15 de setembro| Edição do dia

Imagem: Agência Petrobras

O Polo Pescada é formado pelos campos Pescada, Arabaiana e Dentão, que estão localizados nas águas rasas da Bacia Potiguar na Plataforma Continental do Estado do Rio Grande do Norte. O despacho da Superintendência-Geral do órgão com a decisão está publicado no Diário Oficial da União (DOU).

A OP Pescada já era sócia da petrolífera no polo: a empresa detinha 35% no consórcio, enquanto a Petrobras era majoritária com 65%. O valor da transação aprovada pelo Cade foi de apenas US$ 1,5 milhão, conforme a Petrobras já havia anunciado em julho passado. A produção média do Polo Pescada de janeiro a junho deste ano foi de aproximadamente 260 barris de óleo por dia (bpd) e 190 mil m3/dia de gás.

Pode te interessar: Petrobras vende campos terrestres, a preço de banana, para empresas imperialistas

Segundo a estatal, se trata de uma medida que visa a “otimização do portfólio” e melhor alocação do capital da estatal no pré-sal. Uma completa mentira, já que anteriormente poços em águas profundas foram vendidos por preços irrisórios se comparados com sua capacidade produtiva.

As privatizações escapam a qualquer lógica que não uma de explícito favorecimento dos compradores. Há pouco mais de um mês, 3 plataformas da Bacia de Campos (RJ) foram vendidas por R$7,5 milhões, valor igual a 1 dia de sua produção. Na mesma época, o campo de Baúna, do pós-sal da Bacia de Santos, produtor de 19mil barris/dia, de boa qualidade (grau API 33), foi entregue a empresa australiana com 75% off.

Para aprofundar: É verdade que não dá pra barrar a privatização de todas unidades da Petrobras na Bahia e no restante do país?




Tópicos relacionados

Petrobras   /    Privatização da Petrobras   /    Greve dos Petroleiros   /    Economia

Comentários

Comentar