Internacional

ESTADOS UNIDOS

Governo Trump prepara nova ofensiva para deportar milhares de imigrantes

De acordo com o New York Times (NWT), a administração estados-unidenses prepara uma operação para prender e deportar milhares de imigrantes em todo país a cargo de agentes do Serviço de Imigração e Controle Aduaneiro (ICE), o que iniciará no próximo domingo.

sexta-feira 12 de julho| Edição do dia

O jornal estado-unidense que citou fontes de seguridade nacional, trouxe à público que as operações policiais a nível nacional, cujos detalhes finais permanecem em processo, se efetivariam em 10 das principais cidades americanas.

Cabe destacar que esta medida havia sido postergada, em parte, por conta da resistência entre os funcionários do Serviço de Imigração e Controle Aduaneiro (ICE - sua sigla em inglês), porém que poderia iniciar no próximo domingo.

Segundo informou o NYT, a operação policial a principio vai contra dois mil imigrantes ordenados para serem deportados. Alguns destes por não terem se apresentado no tribunal, porém que permanecem nos Estados Unidos sem autorização legal.

Por sua vez, os agentes do ICE também poderão deter imigrantes que encontrarem quando realizadas as batidas policiais, ainda que este não seja o objetivo principal da operação.

Segundo fontes do NYT, quando vários membros da família forem presos juntos é possível que sejam levados para centros de detenção familiares no Texas e na Pensilvânia.

Não obstante, eles esclareceram que devido a limitações de espaço, alguns poderiam ficar em quartos de hotel até que seus documentos estejam prontos para devolvê-los ao seu país de origem, que se prevê ser por um curto período de tempo, já que o objetivo do ICE é deportar famílias o mais rápido possível.

Esta medida levada até o final ocorrerá há poucos dias das denúncias já feitas das terríveis condições de detenção de crianças e adultos imigrantes que horrorizaram a opinião pública estado-unidense e mundial. Se trata de outro aceno de Trump para sua base eleitoral, no caminho dos comícios presidenciais estado-unidenses para 2020.

É inimaginável como devem neste momento estar conturbadas as famílias imigrantes que residem nos Estados Unidos e que construíram suas vidas neste país.

Frente a ofensiva anti-imigrante da administração de Trump e a estéril busca de “humanização” dos centros de detenção dos democratas, faz falta que a multiétnica classe operária estado-unidense alce sua voz contra as detenções, as deportações, por plenos direitos para todas e todos os imigrantes, e pelo livre trânsito de pessoas através dos países da região.

Com informação de Notimex




Tópicos relacionados

Xenofobia   /    Donald Trump   /    Imigração   /    Internacional

Comentários

Comentar