×

Caso Pazuello | Governo Bolsonaro mantém sigilo de 100 anos em dados do processo contra seu aliado Pazuello

Para Governo expor dados de processo interno do Exército que inocentou Pazuello seria “risco a disciplina” e que também não haveria “interesse público patente a motivar acesso às informações extraídas do referido processo administrativo disciplinar”.

quinta-feira 20 de janeiro | Edição do dia

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Governo Bolsonaro manteve nesta manhã decisão anteriormente tomada pela cúpula do Exército de esconder os dados de investigação contra Pazuello. Ele é ex-ministro da saúde e atualmente ocupa cargo de assessor especial da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência.

O inquérito que o inocentou apontava irregularidades em sua participação enquanto General da Ativa em comício político ao lado do presidente. O Exército o inocentou alegando que o ato “não configurava aspecto político-partidário”.

Com esta decisão, Pazuello permanecerá resguardado de qualquer acusação e ainda ocupando cargo comissionado recebendo alto salário e regalias.

Leia também: As relações entre militares e Bolsonaro diante das eleições




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias