Educação

ATAQUE A CIÊNCIA BRASILEIRA

Golpistas atacam a ciência no Brasil: verba para o CNPQ só dura até setembro de 2019

Marcelo Morales, Representante do CNPQ, afirmou em reunião que agência não terá recursos suficientes para se manter durante todo ano de 2019; Financiamento de pesquisas e bolsas estão sob ameaça.

Luiz Henrique

Professor da rede estadual em Resende, RJ

quinta-feira 8 de novembro| Edição do dia

Em reunião na comissão de ciência e tecnologia, comunicação e informática da câmara, o representante do CNPQ explicou que faltarão 300 milhões de reais para completar o orçamento da agência, que é de cerca de 1,3 bilhões. Com isso a agência só poderá bancar suas atividades, que incluem financiamento de projetos científicos e fomento bolsas de estudo, até Setembro de 2019.

O professor da UFRJ afirmou ainda que o atual orçamento já é insuficiente para atender a demanda atual da agência, citando que das 23 mil propostas de estudo, apenas 16 mil foram aceitas, e que apenas 4% dos pedidos de estágio no exterior foram aceitos.

”Não estamos absorvendo cérebros e isto é preocupante.”

O governo golpista Temer iniciou uma ofensiva sem precedentes para arrasar a pesquisa científica no Brasil. Em cerca de dois anos, ele reduziu pela metade o orçamento para o CNPQ, com a absurda emenda constitucional do congelamento do orçamento da união por vinte anos, e outras manobras espúrias.

O golpe de estado foi dado justamente pela necessidade do imperialismo norte americano de abrir todas as frentes de mercado no Brasil, impondo uma política de profundo retrocesso econômico e social, empurrando o país para uma crise cada vez maior. É um governo que adotou como missão descarregar a crise econômica nas costas dos trabalhadores, e que agora elegeu um sucessor ainda mais violento que promete ataques ainda mais profundos.

É preciso lutar contra os golpistas e contra as reformas, através de um plano de luta da classe trabalhadora. Para isso é preciso que as centrais sindicais como a CUT e CTB, bem como todas organizações estudantis, convoquem comitês de base para organizar a luta contra Bolsonaro e todos os cães de guarda do imperialismo no Brasil, como Sérgio Moro e a camarilha de generais entreguistas.




Tópicos relacionados

CNPQ   /    golpe   /    Governo Temer   /    Universidades Federais   /    Educação

Comentários

Comentar